Página 2

Volume 19  Edição 871    12 de maio de 2019

PETR4

Para a pág. 3


Esticando ou não

A PETR4 parece estar definindo se ainda estica o final de sua sub onda V,1  ou se dá por completada esta fase e inicia uma acomodação,  a sub onda V,2.

A maioria dos ativos dá sinais parecidos, o próprio Ibovespa até demonstra maior possibilidade de já estar se ajustando,  mas a PETR4 tem fundamentos menos comprometidos com a conjuntura geral do país,  por estar há mais tempo envolvida num processo de recuperação,  com óbvios sucessos já alcançados.

A reafirmação da sua autonomia em relação ao Governo vem de acontecer,  o que torna o humor do mercado em relação à companhia muito mais favorável.

O mercado internacional do petróleo ainda gera muitas dúvidas,  mas a companhia tem programada uma série de eventos que certamente deverá excitar as atenções dos investidores ao longo deste ano.

O aumento da produção,  programado e já palpável,  as vendas de ativos,  o plano de demissões voluntárias e o grande leilão do Pré Sal estão naquela lista de eventos.

É claro que serão ocasiões que podem provocar euforia ou decepção,  mas por enquanto o humor subjacente é favorável e moderadamente otimista.

Vale lembrar que o topo nominal de 2008 (gráfico da esquerda)  ainda não foi superado,  sendo êle o objetivo lógico de toda a Onda V,  podendo ser atingido mais cedo ou mais tarde nesse impulso.