Volume 18  Edição 825    13 de maio de 2018

Página 3

Últimas verdades, mentiras e boatos da Bolsa

Para a pág. 4

É verdade que     os investidores estrangeiros,  até o dia 9,  estão na venda líquida na Bovespa,  com um saldo negativo de R$ 1,714 bilhões.Isso ocorre depois que,  em abril,  o grupo tivesse sido o único comprador líquido (saldo: R$ 4,379 bilhões),  todas as demais classes listadas pela Bovespa sendo vendedoras, especialmente Empresas Privadas/Públicas, fazendo alguns imaginarem alguma transação especial entre as duas categorias,  já que os altos saldos apareceram repentinamentre mais para o final daquele mês.   Os investidores estrangeiros,    como já anotado por aqui,  acertaram       na recente alta do dólar,  aumentando em muito sua posição no futuro da moeda,  também ao longo de abril.





É mentira que
(mais uma vez...), a preocupação com uma eventual alta nos juros básicos americanos seja a causa da recente puxada no dólar,  em todo o mundo: em primeiro lugar, essa alta já vem ocorrendo no mercado,  gradualmente, sem que tivesse motivado uma subida anterior da moeda.    Por outro lado, a alta já ocorrida nos juros e mesmo a que ainda possa ser antecipada,  é muito pequena para justificar uma súbita demanda.    A rigor,  são fatores políticos como a pendenga com o Iran,  como antes foi a com a Coréia do Norte, é que servem de pretexto para essa nova e grande especulação, alimentada pela infinita liquidez ainda reinante.

É verdade que os Estados Unidos deverão ter neste ano uma safra de soja menor que a do Brasil, marcando a primeira vez em que os brasileiros aparecerão no topo da produção global da oleaginosa, uma posição de liderança que tende a se ampliar nos próximos anos, afirmou a associação da indústria Abiove nesta sexta-feira.

A produção dos EUA deverá atingir 116,48 milhões de toneladas de soja neste ano (ano-safra 2018/19), segundo o Departamento de Agricultura norte-americano (USDA), que estima a produção do Brasil em 2018 (já colhida) em 117 milhões de toneladas.

Numa área plantada maior, os Estados Unidos produziram um recorde de 119,5 milhões de toneladas em 2017/18 (ano calendário 2017), este um volume de produção que está ameaçado pela recente colheita recorde brasileira, segundo consultorias privadas.

Na safra que os EUA vão plantar e colher neste ano, a expectativa do USDA é de que a área colhida de soja caia 1,45 por cento na comparação anual, para 88,2 milhões de acres (35,7 milhões de hectares), enquanto no ciclo já colhido no Brasil a área atingiu cerca de 35 milhões de hectares, segundo o governo.

No ano, a soja já ganhou uns 10% em preço,,,
(Reuters)


Boato 1
: A demanda americana estaria influindo nas comodities,  mais do que a própria demanda chinesa.
Boato 2:   Os prejuízos trimestrais das grandes incorporadoras teria sido acima do projetado.
     
-  colhidos na Internet -

           COMUNICADO

   (clique abaixo e divulgue)
A todos os leitores e amigos
do
Verdades e Mentiras da Bolsa

"Há anos acompanho o seu site. Acho-o muito bem elaborado, útil e qualificado. Parabéns. Pode contar com a minha contribuição mensal, conforme sugerido. Segue comprovante da doação ref. março/2013."
"como leitor interessado na continuidade da circulação do V&M fiz transferência no valor de R$120,00 agendada para 04/03, seguindo o valor sugerido de R$10 por mês, considere minha doação para todo o ano de 2013. Torço para que receba as contribuições necessárias para a manutenção da publicação."
"Vale muito mais do que 10,00...(!) .  Acompanho há anos. Ótimo trabalho. Com o tempo, vou quitando minha dívida."