Volume 18  Edição 821    15 de abril de 2018

Página 3

Últimas verdades, mentiras e boatos da Bolsa

Para a pág. 4

É verdade que,  como analisado na matéria da capa, também o setor de serviços apresentou nesta sexta-feira,  cifras decepcionantes: o setor  voltou a crescer em fevereiro, porém, com um resultado bem abaixo do esperado e insuficiente para recuperar as perdas do mês anterior, destacando a dificuldade de imprimir um ritmo sustentado de recuperação.

O volume de serviços teve em fevereiro avanço de 0,1  % na comparação com o mês anterior, informou nesta sexta-feira o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O resultado ficou bem abaixo da expectativa em pesquisa da Reuters de alta de 0,5  %, após recuo em janeiro de 1,9  %.

Em relação ao mesmo mês do ano anterior, o volume registrou perdas de 2,2  %, ante expectativa de queda de 0,3  %.

"O setor de serviços não mostra sinais claros de uma recuperação sustentada. Os serviços estão com comportamento como a economia em geral: com perdas e ganhos mensais, e num processo lento e gradual", afirmou o coordenador da pesquisa no IBGE, Rodrigo Lobo.

O leve ganho no volume de serviços em fevereiro deveu-se exclusivamente à atividade de serviços profissionais, administrativos e complementares, única a 

apresentar alta sobre o mês anterior, de 1,7  %.

Entre as outras, os serviços prestados às famílias caíram 0,8  %, outros serviços tiveram queda de 0,7,  %, serviços de informação e comunicação perderam 0,6  %, transportes e serviços auxiliares aos transportes e correio recuaram 0,3  %.

As atividades turísticas, por sua vez, apresentaram queda de 3,4  % em relação a janeiro.

Em meio a uma recuperação gradual da economia brasileira, o setor de serviços vem apresentando uma retomada mais irregular com o desemprego ainda em nível alto no país, mesmo diante de uma inflação baixa que favorece o consumo. (Reuters)




É mentira que os esforços da OI se concentrem na venda de seu controle: em entrevista por telefone em paralelo à divulgação dos resultados do quarto trimestre, o diretor financeiro da Oi, Carlos Brandão, disse que os  executivos estão focados em melhorar os números operacionais da operadora e em concluir a troca de dívida por ações que formalmente retirará a companhia da recuperação judicial. (Reuters)

Boato 1: Teria voltado a um impasse a disputa entre os principais acionistas da BRF Foods.
Boato 2:   O mercado teria receio de envolvimento de grandes bancos numa possível delação do ex ministro Palocci.
     
-  colhidos na Internet -

           COMUNICADO

   (clique abaixo e divulgue)
A todos os leitores e amigos
do
Verdades e Mentiras da Bolsa

"Há anos acompanho o seu site. Acho-o muito bem elaborado, útil e qualificado. Parabéns. Pode contar com a minha contribuição mensal, conforme sugerido. Segue comprovante da doação ref. março/2013."
"como leitor interessado na continuidade da circulação do V&M fiz transferência no valor de R$120,00 agendada para 04/03, seguindo o valor sugerido de R$10 por mês, considere minha doação para todo o ano de 2013. Torço para que receba as contribuições necessárias para a manutenção da publicação."
"Vale muito mais do que 10,00...(!) .  Acompanho há anos. Ótimo trabalho. Com o tempo, vou quitando minha dívida."