Volume 18  Edição 811  28 de janeiro de 2018

Página 3

Últimas verdades, mentiras e boatos da Bolsa

Para a pág. 4

É verdade que,  os investidores estrangeiros ampliaram ainda seu saldo comprador líquido,  agora em janeiro,  já passando dos R$ 6,5 bilhões.  Ao mesmo tempo,  vão mantendo pequeno saldo vendido no futuro do índice e, nesta semana,   ficaram zerados no futuro do dólar, fato raro,  mas possivelmente devido à volatilidade da moeda americana no mercado internacional.   


É mentira
que a atividade  da  construção civil brasileira não dê sinais de poder acompanhar a gradual recuperação da  economia:  a confiança no setor  iniciou 2018 no nível mais alto em dois anos, indicando retomada da atividade e do emprego, informou a Fundação Getulio Vargas (FGV) nesta sexta-feira.O Índice de Confiança da Construção (ICST) do país teve alta de 1,5 ponto em janeiro e chegou a 82,6 pontos, maior patamar desde janeiro de 2015 (85,4 pontos).
"A alta da confiança dos empresários da Construção em janeiro pode ser vista como uma promissora indicação do desempenho setorial nos próximos meses. Ela traz indícios, por exemplo, de retomada da atividade nos últimos meses", disse a coordenadora de projetos da construção da FGV/IBRE, Ana Maria Castelo, em nota.

A principal influência para o

resultado do mês de janeiro foi a perspectiva de curto prazo, com o Índice de Expectativas (IE-CST) avançando 3,3 pontos, para 95,9 pontos.
Por outro lado, o Índice da Situação Atual (ISA-CST) recuou 0,2 ponto em janeiro após sete altas seguidas e foi a 69,9 pontos.
A FGV destacou ainda que a proporção de empresas que relataram redução do número de funcionários nos meses seguintes caiu a 18,8 por cento em janeiro, de 26,2 por cento em dezembro, enquanto as que projetam aumento correspondiam a 18,3 por cento, ante 14,2 por cento em dezembro.
"Por ser um setor tão intensivo em mão de obra, este é um sinal inequívoco de melhora do ambiente de negócios das empresas", afirmou Ana Castelo.
O Nível de Utilização da Capacidade (NUCI) do setor registrou avanço de 2,2 pontos percentuais, para 66,2 por cento.  Em nota separada, a FGV informou ainda que o Índice Nacional de Custos da Construção (INCC-M) acelerou a alta a 0,28 por cento em janeiro, de 0,14 por cento em dezembro.(Reuters)

É verdade que
  a Petrobrás teve sucesso na colocação de US$ 2 bilhões em Notas de 11 anos, no exterior.


Boato 1
: Até março sairia a solução para a revisão da cessão onerosa entre União e Petrobrás.
Boato 2:  A votação da reforma da Previdência seria adiada para abril.
   
-  colhidos na Internet -

           COMUNICADO

   (clique abaixo e divulgue)

A todos os leitores e amigos
do
Verdades e Mentiras da Bolsa



"Há anos acompanho o seu site. Acho-o muito bem elaborado, útil e qualificado. Parabéns. Pode contar com a minha contribuição mensal, conforme sugerido. Segue comprovante da doação ref. março/2013."

"como leitor interessado na continuidade da circulação do V&M fiz transferência no valor de R$120,00 agendada para 04/03, seguindo o valor sugerido de R$10 por mês, considere minha doação para todo o ano de 2013. Torço para que receba as contribuições necessárias para a manutenção da publicação."

"Vale muito mais do que 10,00...(!) .  Acompanho há anos. Ótimo trabalho. Com o tempo, vou quitando minha dívida."